Fome

Hoje presenciei uma cena que deixou triste. Um cachorro de rua, no ponto de ônibus ia perto de todo mundo. Quem passava ele dava atenção. Depois ele achou um saco de papel, tipo esses de pão de padaria, e começou a cheirar. Na certa ainda tinha cheiro de comida. Ele enfiava o papel na boca. Devia estar com muita fome. Até procurei alguma coisa na minha malinha, para ver se de repente eu tinha algo, mas não tinha nada.

Com pessoas vemos isso o tempo todo e não nos importamos tanto. É tão comum. De certa forma, nos cegamos para isso. E por outro lado, enquanto confiamos nos cachorros, não confiamos nos outros seres humanos desconhecidos. E hoje em dia não dá para dar confiança para qualquer um mesmo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>